16947 visitas
   

            Ligados em São Domingos
            




                              
                                       

 


  
Palavras em destaque:

 
 Pe. Marciano  


  

  Assunção de Maria

  (transcrito da homilia da celebração das
  10h, do dia 17 de agosto de 2014,
  Solenidade da Assunção de Nossa 
  Senhora, 20º domingo do tempo comum)

  Neste domingo, que é o vigésimo domingo
  do tempo comum, a Igreja no Brasil está
  celebrando a solenidade da Virgem Maria
  assunta ao céu. Essa celebração acontece
  no dia 15 de agosto, dia de Nossa 
  Senhora da Glória, Nossa Senhora da
  Assunção, dia da glorificação de Maria. 
  No Brasil essa festa é sempre transferida
  para o domingo seguinte para que todo o
  povo possa comemorar a figura da Virgem
  Maria. Sabemos que a Virgem Maria é 
  uma pessoa especial no contexto da 
  nossa fé. Foi graças ao sim dito por 
  Maria que o Verbo de Deus se fez carne e
  habitou entre nós. Foi graças ao sim de
  Maria que a redenção começou a
  acontecer. Porque ela poderia ter dito 
  não, mas ela responde ao anjo Gabriel: 
  Eu sou a serva do Senhor. Faça-se em mim
  conforme o teu anúncio. E nela o Verbo se
  fez carne e pode habitar entre nós. Então, 
  a Virgem Maria é de fato uma figura 
  muito especial no contexto da nossa fé...
 
Nós acreditamos que a Virgem Maria foi
  levada para o céu em corpo e alma. E é o
  que celebramos hoje: a Assunção de 
  Maria. Com relação a Jesus, celebramos 
  a ascensão. Jesus subiu ao céu. A Virgem
  Maria foi levada ao céu, foi assunta. É a
  assunção de Maria, que por vontade de
  Deus não enfrentou a realidade da morte
  corruptível, mas preservada do pecado,
  concebida sem pecado, ela foi levada ao
  céu em corpo e alma. Não existe sepultura
  ou túmulo de Nossa Senhora. A fé da 
  Igreja, desde sempre, desde os primeiros
  cristãos nos primeiros séculos, nos 
  ensina que a Virgem Maria foi levada 
  para o céu em corpo e alma... 
  A Virgem Maria não é uma deusa. Nós
  cremos em um só Deus, que é Pai, Filho e
  Espírito Santo, esse é o nosso Deus. A
  Virgem Maria é Mãe de Deus e da Igreja, a
  Mãe de cada um de nós e é impossível que
  por nossa Mãe não tenhamos um carinho
  muito grande...
  Ora, nós caminhamos nesta fé e  ao
  celebrar a Virgem Maria assunta ao céu,
  nós nos recordamos deste ensinamento
  fundamental da nossa crença. Cremos na
  ressurreição. A morte não é mais um 
  ponto final em  nossa existência. A morte 
  é porta de entrada na vida de Deus.

 
Rogai por nós, Santa Mãe de Deus para 
  que sejamos dignos das promessas de
  Cristo! Para que consigamos perseverar 
  no caminho da fé, para que consigamos
  concretizar na nossa vida o ideal cristão!
  Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para 
  que sejamos servos de Deus e do próximo,
  para que sejamos fiéis ao nosso Senhor
  agora e na hora da nossa morte! Pedimos
  sempre a Virgem Maria que é Mãe
  atenciosa e atenta obtenha de Deus
  inúmeras graças para todos nós!

  íntegra >>


  
  Dom Orani

  Agosto Vocacional

  O mês de agosto é um dos meses 
  temáticos. Além da liturgia, que nos 
  orienta a cada dia, temos temas mensais,
  semanais, anuais e diários. Este, que é
  caracterizado como o mês vocacional, foi
  instituído pela CNBB na sua Assembleia
  Geral de 1981. Trata de todas as 
  categorias de vocações da vida cristã. É
  uma experiência que vem dando bons
  resultados em todo o país. De maneira
  diferenciada, podemos afirmar que todas
  as nossas comunidades o celebram.
  Quando se aproxima agosto, “Mês
  Vocacional”, surge a pergunta: O que
  podemos fazer para dinamizá-lo? A
  proposta deve ser que justamente neste
  mês todas as comunidades possam
  perceber a importância da identidade e 
  da missão vocacional de cada um de nós 
  e, com isto, possam trabalhar com afinco 
  o tema da “vocação” durante o restante 
  do ano...
 
No primeiro domingo destacamos o Dia 
  do Padre, que hoje o Diretório Litúrgico
  chama de semana de orações para o
  ministério ordenado – bispos, padres e
  diáconos...
  No segundo domingo celebramos o Dia 
  dos Pais, e recordamos, então, o chamado
  a gerar vida, a continuar com a obra
  criadora de Deus. Ser pai e ser mãe,
  constituir família, assumir um estado de
  vida na Igreja... Em nosso Diretório
  Litúrgico, este domingo do Dia dos Pais
  inicia a semana de orações para a 
  vocação da vida em família.
  No terceiro domingo celebramos a 
  vocação consagrada, feminina e
  masculina, motivados pela festa da
  Assunção de Maria, modelo de todos
  aqueles que dizem sim ao chamado de 
  Deus para uma entrega total...
  No quarto domingo trazemos presente
  todos os ministérios leigos, a vocação de
  todos os batizados. É a semana de oração
  pelas vocações para os ministérios e
  serviços na comunidade...
  No último domingo (neste ano o quinto)
  celebramos e agradecemos a Deus a
  generosidade dos catequistas. É o Dia
  Nacional do Catequista. Louvamos pela 
  sua vocação e missão. Todos nós
  recordamos com gratidão de nossos
  catequistas. Rezemos para que neste 
  tempo de implementação do “rito da
  iniciação cristã” tenhamos animados
  catequistas discípulos missionários do
  Senhor...
  A vocação é a resposta de Deus providente
  a uma comunidade que reza. Rezemos 
  pelas vocações e façamos tudo o que 
  estiver ao nosso alcance para cumprir o
  mandato de Jesus: “Pedi ao Senhor da
  messe que envie operários para a sua
  messe” (Mt 9,38)

  íntegra >>


    Papa Francisco

  ANGELUS
 
Praça São Pedro – Vaticano
 
Domingo, 10 de agosto de 2014

  Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

  O Evangelho de hoje nos apresenta a
  história de Jesus caminhando sobre as
  águas do lago (cf. Mt 14,22-33). Depois da
  multiplicação dos pães e dos peixes, Ele
  convida os seus discípulos a entrar no
  barco e a ir à sua frente para o outro 
  lado, enquanto ele se despede da 
  multidão, e depois retira-se sozinho para
  rezar na montanha até tarde da noite.
  Enquanto isso, há uma forte tempestade 
  no lago, e bem no meio da tempestade 
  Jesus alcança o barco com os discípulos,
  caminhando sobre as águas. Quando eles 
  o veem, assustados, pensam que é um
  fantasma, mas Ele os acalma: "Coragem,
  sou eu, não temais" (v. 27). Pedro, com 
  seu zelo típico, pediu-lhe uma prova:
  "Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo
  sobre as águas"; e Jesus disse: "Vem!" 
  (vv. 28-29). Pedro desce do barco e 
  começa a andar sobre as águas; mas o
  vento bate forte e ele começa a afundar. 
  Em seguida, grita: "Senhor, salva-me!" 
  (v. 30), e Jesus estende a mão e o levanta.
  ...
  Esta é uma imagem eficaz da Igreja: um
  barco que tem que enfrentar as
  tempestades e às vezes parece à beira de
  ser afundado. O que a salva não são as
  qualidades e a coragem dos seus homens,
  mas a fé, que permite caminhar também 
  na escuridão, no meio das dificuldades. A
  fé nos dá a certeza da presença de Jesus
  sempre ao lado, da sua mão que nos 
  segura para vencer o perigo. Todos nós
  estamos naquele barco, e aqui nos
  sentimos seguros apesar das nossas
  limitações e as nossas fraquezas. Estamos
  seguros principalmente quando sabemos
  colocar-nos de joelhos e adorar a Jesus, o
  único Senhor da nossa vida. Maria, nossa
  Senhora, sempre nos convida a isso. Nos
  dirigimos a ela confiantes.

 
íntegra >>  
  

   Notícias
  


                
   Novo grupo de estudo, fruto da JMJ Rio2013

  
   O objetivo é partilhar testemunhos e aprofundar os
   ensinamentos do Papa Francisco em seus discursos, homilias e
   pronunciamentos realizados durante a JMJ. Descobrir, com a graça de
   Deus, qual a missão que Ele tem para cada um e atender ao pedido do
   Papa Francisco, repetindo Jesus, para ir e fazer discípulos entre todos. O
   grupo é voltado para os que foram voluntários, para os que foram
   hospedeiros, para os que ajudaram, para os que participaram....é para
   TODO MUNDO! 

  
Relembre momentos da São Domingos na JMJ




   A Alegria do Evangelho

    
O Papa Francisco brindou a Igreja com uma bela Exortação
   Apostólica sobre a evangelização, chamada: Evangelii Gaudium –
   “A Alegria do Evangelho”.  Todos somos convidados a ler e 
   meditar com o Papa sobre a ação da Igreja no anúncio do
   evangelho no mundo atual. Padre Marciano aponta esta leitura
   como uma importante orientação e convoca a todos os
   paroquianos a sua reflexão.
   Este documento pode ser adquirido em qualquer livraria católica.
   Disponível também para leitura e download gratuito - Aqui

   Participe dos encontros de estudo dirigido sobre este documento
   toda quinta-feira às 19 horas. 

 



       

 

 

           

  

              Formação
             

  



                                           

 

          
             
Eventos

             



                        
                                                                                          
     
          Missa solene em honra do padroeiro São Domingos                                Tríduo de São Domingos                                                               

 

              Apoie e participe !
             
                
                        

                         Café Paroquial

                         Sábados e Domingos após as missas,
                         "Venha tomar ao menos um cafezinho!"

         

          Campanha para Obras

          Estamos em campanha para reforma do telhado.
          Pegue seu envelope no final das missas ou na
          secretaria e coloque sua contribuição. Os envelopes
          devem ser devolvidos somente em nossa secretaria.
          Não há pessoa autorizada para recebê-lo ou fazer
          qualquer solicitação de doações por outro meio
          Informações na secretaria.

                        

                         Dízimo

                         O dizimo é a oferta de gratidão, partilha e
                         amor que da provimento às necessidades da
                         Igreja, sua conservação, o bem realizar o
                         Divino Culto, as obras apostólicas e de
                         caridade e a sustentação de seus ministros.
                         Todos somos convidados a participar. mais

         

          Cesta Básica

          Doe alimentos não perecíveis para
          composição das cestas básicas fornecidas
          mensalmente às famílias assistidas por nossa
          comunidade. Fique atento à data de validade
          dos produtos. Procure mais informações em
          nossa secretaria.