17524 visitas
   

            Ligados em São Domingos
            




                              
                                         

 


  
Palavras em destaque:

 
 Pe. Marciano  


  

  Da Cruz para a Luz

  (transcrito da homilia da celebração das
  10h, do dia 14 de setembro de 2014, 
  Festa da Exaltação da Santa Cruz, 
  vigésimo quarto domingo do tempo
  comum)

  Hoje, a liturgia da Igreja nos propõe
  celebrar a cruz. Hoje é o dia da Exaltação
  da Santa Cruz. Lembramos que a cruz é o
  símbolo maior do cristão e nos traz 
  muitas ideias e significados que precisam
  estar muito claros nas nossas vidas. 
  Trazer o símbolo da cruz em um cordão 
  com consciência daquilo que ele 
  simboliza. Sem misturas, sem confusão. A
  cruz não é um amuleto e não pode ser um
  símbolo de superstição. A cruz é símbolo 
  do cristão porque ela representa a
  possibilidade de céu para todos e para
  cada um de nós. Foi pela cruz de Cristo 
  que o céu nos foi aberto. É a cruz de Cristo
  a nossa porta de entrada para o céu. Ao
  olharmos para a cruz ou trazermos no 
  peito a cruz, lembramo-nos da nossa
  condição de cristãos, homens e mulheres
  que seguem Jesus Cristo com tudo aquilo
  que ele propõe, inclusive as cruzes de 
  cada dia. Quem quiser me seguir precisa
  renunciar a si mesmo, despojar-se do seu
  egoísmo, sair de si, assumir sua cruz todo 
  dia, e seguir-me.
Só assim conseguiremos
  salvar nossa vida, como disse Jesus. É a
  nossa grande proposta de cristãos. E por
  que assumir a cruz todo dia? Assumir a
  cruz significa enfrentar as dificuldades 
  da vida tendo a certeza da ressurreição.
  Olhando para a cruz, não vemos um 
  homem morto, vemos a possibilidade da
  ressurreição e da vida que aconteceu 
  para o Cristo e que há de acontecer para
  nós também se permanecermos fiéis.
  íntegra >>


  
  Dom Orani

  Vamos aos pobres

  O Papa Francisco em sua Exortação
  Apostólica “Evangelii Gaudium”, quando
  inicia falando da inclusão social dos
  pobres, nos diz que “deriva da nossa fé 
  em Cristo, que Se fez pobre e sempre Se
  aproximou dos pobres e marginalizados, 
  a preocupação pelo desenvolvimento
  integral dos mais abandonados da
  sociedade” (nº 186). E continua: “cada
  cristão e cada comunidade são chamados
  a ser instrumentos de Deus a serviço da
  libertação e promoção dos pobres, para
  que possam integrar-se plenamente na
  sociedade; isto supõe estar docilmente
  atentos, para ouvir o clamor do pobre e
  socorrê-lo.” (nº 187) Quando iniciamos o
  Ano da Caridade em nossa arquidiocese,
  aberta com a Trezena de “São Sebastião,
  discípulo do amor e da caridade”,
  refletindo sobre o texto de lCor 13,3: “Se
  não tiver caridade, de nada adianta”.
  Somos chamados a refletir sobre 
  episódios e pessoas que marcaram com
  suas vidas o trabalho com os pobres. Em
  2013 comemoramos o bicentenário do
  nascimento de Antônio Frederico Ozanam,
  o beato apóstolo da caridade, um dos
  intercessores da Jornada Mundial da
  Juventude, realizada em 2013 no Rio de
  Janeiro.
 

 
íntegra >>


    Papa Francisco

  Exaltação da Santa Cruz

  Praça de São Pedro – Vaticano – 14 de
  setembro de 2014

  Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

  Dia 14 de setembro, a Igreja celebra a 
  festa da Exaltação da Santa Cruz. Algumas
  pessoas não-cristãs podem se perguntar:
  por que ‘exaltar’ a cruz? Podemos
  responder que nós não exaltamos uma 
  cruz qualquer ou todas as cruzes:
  exaltamos a Cruz de Jesus Cristo, porque é
  nela que foi revelado o máximo amor de
  Deus pela humanidade. Isso é o que nos
  lembra o Evangelho de João, na liturgia de
  hoje: "Deus amou tanto o mundo que
  entregou o Filho unigênito" (3:16). O Pai
  "deu" o Filho para nos salvar, e isso
  resultou na morte de Jesus e sua morte na
  cruz. Porque? Por que foi necessário a
  cruz? Por causa da gravidade do mal que
  nos mantinha escravos. A Cruz de Jesus
  exprime duas coisas:. todas as forças
  negativas do mal, e toda a suave
  onipotência da misericórdia de Deus. A
  Cruz parece decretar o fracasso de Jesus,
  mas, na realidade, marca a sua vitória. 
  No Calvário, aqueles que o injuriavam,
  diziam: ‘Se és Filho de Deus, desce da 
  cruz’. Mas a verdade era o oposto:
  justamente porque era o Filho de Deus,
  Jesus estava ali, na cruz, fiel até o final ao
  desígnio do amor do Pai. E exatamente por
  isso Deus ‘exaltou’ Jesus, dando-lhe uma
  realeza universal.

  E quando olhamos para a cruz onde Jesus
  foi pregado, contemplamos o sinal do
  amor, o amor infinito de Deus por cada 
  um de nós e a fonte da nossa salvação. A
  partir da cruz vem a misericórdia de Deus,
  que abraça o mundo inteiro. Através da
  Cruz de Cristo, se venceu o mal, a morte 
  foi derrotada, a vida nos foi doada e a
  esperança restituída. Isso é importante:
  através da Cruz de Cristo, há esperança é
  restaurada. A Cruz de Jesus é nossa única 
  e verdadeira esperança! É por isso que a
  Igreja exalta a Santa Cruz, é por isso que
  nós, cristãos, nos abençoamos com o 
  sinal da cruz. Nós não exaltamos as 
  cruzes, mas a Cruz gloriosa de Jesus, um
  sinal do imenso amor de Deus, sinal de
  nossa salvação e caminho para a
  Ressurreição. E esta é a nossa esperança.
  ...

  No Calvário, aos pés da cruz, estava a
  Virgem Maria (cf. Jo 19,25-27). É a Virgem
  das Dores, que amanhã vamos celebrar 
  na liturgia. A ela confio o presente e o
  futuro da Igreja, porque todos saibamos
  sempre descobrir e acolher a mensagem 
  de amor e salvação da Cruz de Jesus.

 
íntegra >>  
  

   Notícias
  


                
   Novo grupo de estudo, fruto da JMJ Rio2013

  
   O objetivo é partilhar testemunhos e aprofundar os
   ensinamentos do Papa Francisco em seus discursos, homilias e
   pronunciamentos realizados durante a JMJ. Descobrir, com a graça de
   Deus, qual a missão que Ele tem para cada um e atender ao pedido do
   Papa Francisco, repetindo Jesus, para ir e fazer discípulos entre todos. O
   grupo é voltado para os que foram voluntários, para os que foram
   hospedeiros, para os que ajudaram, para os que participaram....é para
   TODO MUNDO!
   Veja como foi o primeiro encontro e venha participar! novo

  
Relembre momentos da São Domingos na JMJ

 


   A Alegria do Evangelho - estudo dirigido

    
Foi concuído em nossa comunidade o estudo da Exortação Apostólica   
  
Evangelli Gaudium - " A Alegria do Evangelho".  Meditando sobre as 
   
ações e no anúncio do Evangelho no mundo de hoje, padre Marciano
   conduziu a reflexão e convida a todos para o aprofundamento e a
   busca do conhecimento e crescimento espiritual.
  

                
Veja aqui as apresentações do estudo 



       

     

              Formação
             

  



                                                           

 

          
             
Eventos

             



                        
                                                                                          
     
                     Confraternização do Grupo de Coroinhas                     Primeiro encontro dos Grupo Discípulos JMJ2012                                                                                   

 

              Apoie e participe !
             
                
                        

                         Café Paroquial

                         Sábados e Domingos após as missas,
                         "Venha tomar ao menos um cafezinho!"

         

          Campanha para Obras

          Estamos em campanha para reforma do telhado.
          Pegue seu envelope no final das missas ou na
          secretaria e coloque sua contribuição. Os envelopes
          devem ser devolvidos somente em nossa secretaria.
          Não há pessoa autorizada para recebê-lo ou fazer
          qualquer solicitação de doações por outro meio
          Informações na secretaria.

                        

                         Dízimo

                         O dizimo é a oferta de gratidão, partilha e
                         amor que da provimento às necessidades da
                         Igreja, sua conservação, o bem realizar o
                         Divino Culto, as obras apostólicas e de
                         caridade e a sustentação de seus ministros.
                         Todos somos convidados a participar. mais

         

          Cesta Básica

          Doe alimentos não perecíveis para
          composição das cestas básicas fornecidas
          mensalmente às famílias assistidas por nossa
          comunidade. Fique atento à data de validade
          dos produtos. Procure mais informações em
          nossa secretaria.